Dicas


Independente no número de dias a bordo, um bom planejamento do seu cruzeiro é essencial. Aqui vão algumas dicas:

Documentos. Para cruzeiros nacionais, brasileiros devem apresentar carteira de identidade (RG) original, em bom estado de conservação, e com no máximo 10 anos de emissão. Outros documentos de identificação com foto válidos no território nacional também podem ser usados (CNH, CREA, OAB, CRM…). Para cruzeiros internacionais com destino aos países do Mercosul, brasileiros devem apresentar seu RG original (como acima especificado), ou passaporte válido por no mínimo seis meses. Para cruzeiros internacionais com outros destinos, cidadãos brasileiros devem apresentar um passaporte válido por no mínimo seis meses. Quanto aos vistos, o passageiro deve entrar em contato com o consulado do país de destino ou com sua agência de turismo e verificar se é necessário. Em alguns lugares, vacinas também podem ser exigidas. Nunca esqueça de levar também o seu voucher de viagem!

Previsão do tempo. Não acredite que o tempo estará bom durante toda a sua viagem. Em qualquer lugar, mesmo aqueles conhecidos por suas altas temperaturas e dias ensolarados, pode haver dias nublados, chuvosos e com temperaturas amenas. O mar também pode ficar agitado, o que pode eventualmente mudar a agenda de atividades e visitas turísticas previamente programadas. Portanto, vá preparado para ter que enfrentar situações inesperadas e se adaptar para se divertir mesmo assim.

Bagagens. Como em qualquer viagem, pense em arrumar suas coisas em malas menores, pois são mais práticas. Todas as suas bagagens devem estar devidamente etiquetadas com nome, endereço e número da cabine. Leve itens confortáveis e fáceis de dobrar, e evite roupas que amassam muito facilmente. Também leve peças de roupa um pouco mais formais para usar a noite. Dependendo da quantidade de dias, haverá pelo menos uma noite “chique”.

Atendimento médico. Os serviços médicos a bordo são cobrados a parte. É importante que você adquira um seguro viagem antes do seu embarque. E é indispensável que você leve todos os medicamentos que possa necessitar.

Gastos dentro do navio. Cruzeiros no Caribe, na América do Norte, na América do Sul, no Sul da África e Travessias Atlânticas partindo para a Europa adotam o Dólar Americano (US$) como moeda. Já os cruzeiros no Mediterrâneo, no Norte da Europa, no Golfo Árabe e Travessias Atlânticas partindo da Europa costumam aceitar somente Euro (€). Para consumo nos cruzeiros são aceitos cartão de crédito internacional, dinheiro em espécie, ou o cartão interno do navio adquirido no ato do check-in. Neste cartão interno, você coloca tudo o que gasta a bordo. Tome muito cuidado com os gastos deste cartão para não ter surpresas no fim de sua viagem. Uma dica valiosa é sempre acompanhar os seus gastos.

Horários de embarque. Não ignore os horários de embarque! Estes horários são extremamente rígidos em navios de cruzeiro e, exceto em casos extraordinários, o capitão não espera por quem está atrasado para reembarcar. Em toda saída do navio, programe-se para voltar dos passeios em tempo, ou você pode ser deixado para trás.

Telefone e internet. Enquanto o navio estiver perto da costa, seu celular funcionará normalmente dependendo da sua operadora. Nesse caso, você poderá fazer ligações e usar sua internet móvel normalmente. Em dias de navegação, você terá que usar o serviço do próprio navio se quiser usar telefone ou internet. Você pode comprar pacotes de minutos para usar a bordo, mas como o serviço é por satélite, os preços não são baratos.

Resorts são a alternativa perfeita para quem deseja aproveitar tudo o que uma viagem pode oferecer, dentro de um único estabelecimento.

– Resorts all-inclusive. Neste tipo, todos os serviços (atividades, hospedagem, alimentação e quase todas as bebidas) geralmente estão inclusos em um pacote com valor fixo. Essa opção é ótima para não ter surpresas no orçamento total da viagem, possibilitando, assim, programar os gastos com antecedência e facilidade. Serviços extras como massagens e salões de beleza geralmente não estão incluídos no valor do pacote.

– Período de viagem. A baixa temporada é, com certeza, o período com menores valores tanto em passagens, quanto hospedagens ou pacotes de viagem. As reservas prolongadas, de pelo menos cinco dias, fazem com que você desfrute melhor a viagem. Porém, viagens de final de semana também podem ser proveitosas! Antes de reservar sua viagem, é também importante saber qual a melhor época do ano para viajar para um determinado local. Épocas chuvosas, por exemplo, podem ser evitadas.

– O que levar. A primeira coisa a fazer antes de montar sua mala de viagem é saber a temperatura do destino para não ser pego de surpresa. Locais com temperaturas mais quentes podem fazer dias frios e vice-versa. Visto isso, planeje que tipo de roupa levar, mas nunca esqueça de ter opções de meia-estação. Também pense na roupa de dormir e de sair à noite. Não esqueça: protetor solar, óculos escuros, protetores labiais, repelente, sapatos confortáveis, guarda-chuva, os remédios que julgar necessário, e seus documentos!

   PASSAPORTE

Tirar seu passaporte é o primeiro passo para sua viagem internacional aos Estados Unidos, Europa, Ásia e qualquer outro país fora do Mercosul. O documento é emitido pela Polícia Federal em um processo simples. Você terá que comparecer a um dos postos da Polícia Federal duas vezes: uma para tirar as digitais e foto e outra para retirar o documento pronto. Aqui daremos algumas dicas para facilitar o seu processo:

  1. Reúna todos os documentos necessários. Você encontra uma lista dos mesmos aqui.
  2. Preencha a solicitação no site da Polícia Federal (aqui).
  3. Após preencher o formulário de solicitação, um boleto de Guia de Recolhimento da União (GRU) será gerado. Pague este boleto e guarde o comprovante, ele deve ser apresentado junto com a documentação descrita no passo 1.
  4. Alguns postos da Polícia Federal necessitam de agendamento prévio para o atendimento. Se você já tem o protocolo da solicitação, pode realizar o seu agendamento.
  5. Compareça ao posto da Polícia Federal especificado com toda a documentação original descrita no passo 1 e o comprovante de pagamento da taxa. Nesta etapa, eles irão conferir sua documentação, tirar sua foto e suas digitais, em um processo simples e rápido. Após isso, é só aguardar o passaporte ficar pronto. O tempo é de geralmente seis dias úteis e eles te darão um protocolo com a data provável de entrega do documento.
  6. Retire seu passaporte portando de um documento de identificação oficial com foto.

A validade do seu passaporte é de 10 anos. Se o seu passaporte está próximo ao vencimento, você pode fazer renová-lo antes de expirar.

Todas as informações completas do processo de emissão do passaporte podem ser encontradas detalhadamente no site da Polícia Federal. Você também pode fazer contato pelo e-mail faleconosco@pdf.gov.br ou pelo telefone 194.

 

 

VISTOS

Antes de planejar a sua viagem ao exterior, o primeiro passo é verificar a obrigatoriedade do visto para a entrada no país de destino. Alguns países dispensam a emissão do visto de turista (como os países do Mercosul, União Europeia, Reino Unido e México, por exemplo). Em muitos outros, entretanto, é necessário solicitar a retirada do visto com antecedência. É importante se certificar junto à Embaixada ou Consulado do país de destino quais são os requisitos de entrada.